Mapa do Portal      Registo      Entrar
 
 
  Detalhes do Projecto  
Dia Nacional dos Castelos 2008 (Categoria: Comemorações)
Local: Estremoz       Duração: de 05-10-2008 a 07-10-2008
 
 
Dia Nacional dos Castelos

O dia Nacional dos Castelos foi instituido em 1984, tendo sido estabelecido o primeiro sábado de Outubro como a data de comemoração. Desde essa altura, com poucas interrupções, esta data tem vindo a ser comemorada em vários locais do país. Em 2003 a data foi fixada no dia 07 de Outubro. O objectivo para o futuro será a implementação de comemorações a nível nacional, promovendo em todo o país acções que visem a reflexão sobre o nosso património fortificado;
1984 1ª comemoração em Outubro em Vila Viçosa, Abrantes e Almourol
1985 Realizado em Torres Novas
1986 Palmela
1987 Santarém
1988 Óbidos
1989 Montemor-o-Velho
1990 Sintra
1991 Trancoso
1992 10 de Outubro - Realizado em Lisboa: Castelo de S. Jorge, Forte de Monsanto, Torre de Belém, Barra do Tejo
1993 09 de Outubro - Realizado no Castelo de S. João da Foz do Douro no Porto
1994 8 e 9 de Outubro. Juromenha
1996 12 Outubro. Abrantes
1997 10 a 12 de Outubro. Guimarães e Santa Maria da Feira
1999 23 e 24 de Outubro. Belmonte
2000 21 e 22 de Outubro. Castelo de Vide
2002 02 a 10 de Outubro. Açores
2003 07 de Outubro. Castelo de Portel, Portel
2004 07 a 09 de Outubro. Castelo de Bragança, Bragança
2005 07 e 08 de Outubro. Idanha a Nova
2006 07 de Outubro. Castelo de Evoramonte, Estremoz
2007 07 de Outubro. Castelo de São Jorge, Lisboa


05 de Outubro - Comemorações Oficiais em Estremoz

Estremoz - 750 Anos do Foral

É no século XIII que Estremoz entra definitivamente na posse da Coroa Portuguesa, após uma sucessão de recuos e avanços por parte das forças cristãs. Estávamos no reinado de D. Sancho II. Terá sido este rei que iniciou os trabalhos de reedificação das muralhas do Castelo medieval de Estremoz. A configuração da fortificação muçulmana, anterior às muralhas cristãs, não é totalmente conhecida e terão que ser efectuados mais trabalhos de investigação nas paredes do castelo de Estremoz para podermos conhecer um pouco mais sobre o passado desta imponente estrutura fortificada.
A julgar pelos vestígios existentes em toda a área do concelho de Estremoz, e tendo em conta a sua localização estratégica e os vastos recursos naturais da região, é de supor que Estremoz, tenha na sua génese uma ocupação humana antiga. A arqueologia dará respostas a questões antigas sobre uma Estremoz desconhecida. Teremos que aguardar.
A campanha de reedificação do Castelo foi continuada por D. Afonso III destacando-se a construção da enorme Torre de Menagem, por volta de 1260. Estremoz ganha, pela mão do jovem rei um estatuto de fortaleza-símbolo, dentro do qual podemos enquadrar perfeitamente a Torre de Menagem, um pouco desproporcional ao resto da fortificação. É ainda no contexto do reinado deste monarca que Estremoz tem o seu primeiro foral, em 1258, permitindo que este ano comemore 750 anos.
O castelo de Estremoz andará, mais ou menos, a par com a consolidação e expansão do núcleo urbano medieval.
A vila adquire uma importância significativa no contexto nacional na primeira metade do século XIV. Neste período são edificados em Estremoz alguns dos mais belos exemplos do património arquitectónico que chegou aos nossos dias e que genericamente podemos encontrar dentro da 1ª linha de muralhas. Ao deambularmos pelo burgo medieval de Estremoz podemos ainda ver, nas soleiras e marcos de portas os vestígios de um passado relevante.
Para esta situação terá contribuído o estabelecimento da residência do Rei D. Dinis e de sua mulher, a Rainha D. Isabel, ou Rainha Santa. Na posse desta, que aqui faleceu em 1336, Estremoz transformou-se num dos principais centros políticos do reino, acolhendo figuras importantes e sendo palco privilegiado da política régia durante todo o final da primeira dinastia. É também à volta desta rainha que a vila de Estremoz ganhou um certo romantismo mitológico passando de geração em geração a história do milagre das rosas.
Já em época moderna Estremoz revela-se como um dos pontos chave da defesa do reino, importante fortificação que defendia o acesso a Lisboa. O seu valor militar foi reconhecido com a construção de obras de fortificação complexas que marcaram a imagem do local e fazem parte hoje, inequivocamente, da sua identidade.

Programa
07.30h - saída de Lisboa em direcção a Estremoz
10.30h - recepção, em Estremoz, pela Câmara Municipal, no Teatro Bernardim Ribeiro
10.45h - apresentação do programa das festividades dos 750 anos do Foral de Estremoz
11.00h - pausa para café
11.20h - conferência - Foral de Estremoz - Dr. Diogo Vivas
11.45h - conferência - Castelos Medievais do Alentejo - Eng.º Francisco Sousa Lobo, Presidente dos Amigos dos Castelos
12.15h - inauguração de exposição de fotografia alusivas aos castelos medievais da fronteira alentejana
13.00h - almoço histórico - Cadeia Quinhentista
16.00h - visita guiada aos Castelo de Estremoz e principais monumentos da cidade; visita guiada a uma oficina de bonecos de Estremoz
18.00h - inauguração da exposição da pintora Cosntança Meira, no Museu Municipal
19.00h - regresso a Lisboa

Apoio:
Transporte Sul do Tejo

07 de Outubro - Comemorações no Castelo de São Jorge

No dia dos Castelos propomos uma visita guiada com animação ao Castelo de São Jorge em Lisboa. Dar a descobrir o Castelo através dos tempos, desde os seus primórdios até aos quarteis das tropas do século XVIII e XIX. Nos anos 40 do século XX, no período dos "centenários", estes foram demolidos dando lugar à configuração que o castelo tem nos dias de hoje. As enormes casernas, os refeitórios, as cozinhas, os pátios,a parada, a vida diária das unidades militares cuja memóra se desvaneceu, vão poder ser revividas nesta visita guiada pelo Presidente da Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos, Francisco Sousa Lobo.

Programa

17.45h - encontro na portaria do Castelo
18.00h - inicio da visita
19.30h - final da visita

Apoio:
 EGEAC

Como participar

As duas actividades, do dia 05 e do dia 07 de Outubro, requerem uma inscrição prévia. Não poderão participar pessoas que não estejam inscritas.
Faça a sua inscrição contactando o Secretariado dos Amigos dos Castelos.
Telefone: 218 885 381 / Fax.: 218 885 342
E-mail:
geral@amigosdoscastelos.org.pt

07 de Outubro Dia Nacional dos Castelos
Clique aqui para ver mais imagens...

Deixe aqui o seu comentário sobre este Projecto:
Nome:
Email:
Comentário:
Inserir Comentário
   
SILVANIA SILVA COSTA <HEDYO1@HOTMAIL.COM> (06-10-2008 7:20:14)
LAMENTO NAO PARTICIPAR DESSES EVENTOS POIS MORO NO BRASIL E ADMIRO MUITO ESSE TRABALHOM, MAS DEIXO AS MINHAS FELICITAÇOES PELA PASSAGEM DO VIGESIMO QUNINTO ANO DA APAC.
CAROLINA <CAROLINA72@LIVE.COM.PT> (25-02-2009 14:24:11)
EU JA FUI VISITAR OS "AMIGOS DOS CASTELOS" E GOSTEI MUITO
dayane <> (12-05-2009 8:37:09)
quero
dayane <> (12-05-2009 8:37:13)
quero
dayane <> (12-05-2009 8:37:16)
quero
luis fonseca <luisfonseca1949@yahoo.com> (16-03-2011 14:54:23)
qual o nome da fortaleza principal de um castelo
Janierondy Alves <Janierondyaf@gmail.com> (11-04-2012 11:27:47)
Parabens ate que em fim algo verdadeiro .os outros e so enrolacao parabens mesmo,e obrigado por estarem sempre aqui.fui!
Luis Marino <luismarino@sapo.pt> (12-07-2015 10:18:36)
Bom dia. No ano de 2006 os Amigos dos Castelos estiveram em Évoramonte e Estremoz. Na visita que efectuaram ao antigo Convento de S. Francisco, agora instalações do Regimento de Cavalaria 3, houve uma senhora que falou brilhantemente sobre os frescos. Há hipótese de entrar em contacto com essa senhora? O motivo é a transmissão de conhecimentos, com a descrição dos frescos em papel para futuros visitantes. Com os melhores cumprimentos, Luis Marino
Voltar
 
     
     
  Privacidade        Condições de Utilização        Copyright 2006-2015 Amigos dos Castelos